segunda-feira, 16 de março de 2015

Vitalius wacketi (Mello-Leitão 1923)



Distribuiçâo: Brasil, Floresta  latifoliada tropical (Mata atlantica original) da serra do mar, regiôes costeiras e algumas ilhas.
se estendendo do sul do Rio de Janeiro a Santa Catarina.

Espécie pouco conhecida entre criadores, e que é confundida com outra especie lá fora (Pamphobeteus sp.), 

A Vitalius wacketi habita áreas próximo a riachos e cachoeiras podendo ser encontradas também em costões rochosos no litoral .
                                 
                                  Pode se alimentar de insetos pequenos roedores e anfibios.

                                      Me impressionei com o tamanho do macho, sendo o maior do genero que eu                                                   vi pessoalmente passando dos 17cm

Em cativeiro é um animal tranquilo, adquiri meu primeiro exemplar em 2013, uma femea jovem, pouco defensiva.
por se tratar de uma especie da mata atlantica, esta habituada a uma umidade alta e temperaturas variando entre 25.ºc e 29.ºc.
Bastante vegetaçao algumas pedras e serrapilheira configuram um terrario ideal.


Indico para leitura e mais conhecimento da especie o artigo.

  Revision, cladistic analisys, and zoogeography of Vitalius, Nhandu and Proshapalopus, with notes of other theraphosine genera.  (Rogerio Bertani 2001)