sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Tapinauchenius



E ai galera passei um bom tempo sem postar porque to sem tempo, o esquema de trabalho de dia e aula a noite tá em fodendo, decidi postar sobre um gênero pouco conhecido entre os hobbystas brasileiros:

TAPINAUCHENIUS


As aranhas do gênero Tapinauchenius são arboricolas, apresentam cores magníficas e são conhecidos por serem extremamente velozes, talvez as mais rápidas do Hobby mundial, junto com as Heteroscodras e Stromatopelmas...

As arnahas pertencentes a esse gênero são:


T. brunneus
T. cupreus
T. elenae
T. gigas
T. latipes
T. plumipes
T. purpureus (conhecida também como T. violaceus)
T. reduncus
T. sanctivincenti
T. subcaeruleus

Existe pouca coisa na internet já que são raras no Hobby, eu tenho uma gigas e uma purpureus, pelo que observei elas comem pouco e mesmo assim tem um crescimento acelerado, minha gigas chegou já 3 meses com 6 cm e hoje deve estar beirando os 10cm.
Analisando algum material na internet li que são no geral muito nervosas, mas as minhas aqui são super tranquilas.

Sem mais por enquanto...


;*

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Copula Brachypelma albopilosun

Copula realizada com exito, na casa do nosso amigo Barnud...
No começo a femea nao estava tao receptiva, mas com o decorrer ela cedeu... agora e torcer e esperar.









THERAFUCKDIE

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Aranhas pré históricas














"Cientistas do Imperial College London usaram equipamentos de tomografia computadorizada e programas de computapara criar imagens tridimensionais de fósseis de duas espécies de aranhas que viveram há 300 milhões de anos. Estudos revelam que as espécies analisadas são "parentes próximas" de aranhas modernas IMAGENS DA SEMANA Apesar de tão antigas, as espécies Cryptomartus hindi e Eophrynus prestvicii são "parentes próximas" de aranhas modernas. A tecnologia já havia sido usada antes, mas poucas vezes em fósseis tão antigos, que mostram o início da vida na Terra. As imagens tridimensionais revelam detalhes até então desconhecidos das criaturas, como mecanismos de defesa e hábitos predadores, e dão aos cientistas uma ideia melhor do que se passava no período, anterior ao dos dinossauros. Os resultados foram publicados na revista especializada "Biology Letters". Os cientistas fizeram cerca de 3 mil imagens de cada fóssil. O software desenvolvido pelo Imperial College London foi usado para juntar todas as imagens em um modelo virtual único, detalhado e tridimensional das aranhas. Medidas defensivas As imagens tridimensionais revelam que as patas dianteiras da Cryptomartus hindi estavam direcionadas para a frente, sugerindo que a aranha poderia usá-las para agarrar suas presas. Os pesquisadores sugerem que o animal, provavelmente, era "um predador que caçava por emboscada" como a moderna aranha caranguejeira, que aguarda escondida a aproximação da presa. Os pesquisadores também concluíram que a outra espécie, a Eophrynus prestvicii, tinha espinhos nas costas, provavelmente como medida de defesa para torná-la menos palatável aos anfíbios, que seriam seus predadores naturais. "Nossos modelos quase trazem essas criaturas de volta à vida e é muito excitante conseguir examiná-las em tantos detalhes", disse o pesquisador Russel Garwood, do Imperial College London e principal autor do estudo. "Nosso estudo ajuda a construir uma imagem do que estaria acontecendo neste período do início da história da vida na Terra." A técnica também poderá ser usada para re-examinar fósseis do mesmo período, já analisados pelos meios convencionais, disseram os cientistas. para criar imagens tridimensionais de fósseis de duas espécies de aranhas que viveram há 300 milhões de anos.Estudos revelam que as espécies analisadas são "parentes próximas" de aranhas modernasIMAGENS DA SEMANAApesar de tão antigas, as espécies Cryptomartus hindi e Eophrynus prestvicii são "parentes próximas" de aranhas modernas. A tecnologia já havia sido usada antes, mas poucas vezes em fósseis tão antigos, que mostram o início da vida na Terra. As imagens tridimensionais revelam detalhes até então desconhecidos das criaturas, como mecanismos de defesa e hábitos predadores, e dão aos cientistas uma ideia melhor do que se passava no período, anterior ao dos dinossauros.Os resultados foram publicados na revista especializada "Biology Letters". Os cientistas fizeram cerca de 3 mil imagens de cada fóssil. O software desenvolvido pelo Imperial College London foi usado para juntar todas as imagens em um modelo virtual único, detalhado e tridimensional das aranhas.Medidas defensivas As imagens tridimensionais revelam que as patas dianteiras da Cryptomartus hindi estavam direcionadas para a frente, sugerindo que a aranha poderia usá-las para agarrar suas presas. Os pesquisadores sugerem que o animal, provavelmente, era "um predador que caçava por emboscada" como a moderna aranha caranguejeira, que aguarda escondida a aproximação da presa.Os pesquisadores também concluíram que a outra espécie, a Eophrynus prestvicii, tinha espinhos nas costas, provavelmente como medida de defesa para torná-la menos palatável aos anfíbios, que seriam seus predadores naturais. "Nossos modelos quase trazem essas criaturas de volta à vida e é muito excitante conseguir examiná-las em tantos detalhes", disse o pesquisador Russel Garwood, do Imperial College London e principal autor do estudo. "Nosso estudo ajuda a construir uma imagem do que estaria acontecendo neste período do início da história da vida na Terra."A técnica também poderá ser usada para re-examinar fósseis do mesmo período, já analisados pelos meios convencionais, disseram os cientistas.
Publicado em: agosto 05, 2009 "




[chel.jpg]por Theraphosidae

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Uma aranha na batina do Papa!

Essa foi foda!

"Bento XVI discursava em Praga para uma plateia de políticos e diplomatas, mas a atenção dos jornalistas foi desviada para a presença de uma aranha na sua batina."

Clica no link! E veja o video!


[chel.jpg]por Theraphosidae

"Teia de aranha do Cretáceo chegou aos nossos dias"

Pesquisando por ai achei essa noticia e resolvi bloggar, bem massa! Copiei e colei!!!!


"Foi identificada a teia de aranha mais antiga até agora encontrada. Cientistas da Universidade de Oxford tiveram a sorte de lhes ir cair nas mãos esta preciosidade encontrada por um grupo de «caçadores de fósseis».

Na zona de Sussex, muito propícia a revelar vestígios de dinossauros, o grupo deparou-se com um estranho âmbar que entregou ao investigador Martin Brasier. Do início do Cretáceo, este raro âmbar continha, além dos fios da teia, excrementos de insectos, micróbios e matéria vegetal. O estudo foi agora publicado
«Journal of the Geological Society».

No Cretáceo inferior o planeta era um lugar muito mais quente do que hoje e os dinossauros ainda dominavam. No entanto, assegura Brasier, as aranhas desta época são familiares directas das actuais e comuns aranhas de jardim: “Distinguem-se por deixarem poucas gotas de cola ao longo dos fios da teia para poderem capturar as suas presas”.

A teia chegou até aos nossos dias porque ficou presa em resina de árvores. Provavelmente devido a danos causados por um incêndio. O âmbar acabou por se ir afundar num grande lago e só agora, depois de muitos anos de erosão e de elevação do terreno, regressou à superfície.

Até ao momento, apenas uma parte do depósito foi analisado. Os cientistas de Oxford acreditam que ainda podem encontrar elementos muito interessantes, até porque estão a utilizar novas técnicas de imagem utilizadas na paleontologia.

Artigo:
First report of amber with spider webs and microbial inclusions from the earliest Cretaceous (c. 140 Ma) of Hastings, Sussex"


É, coisa velha realmente da teia de aranha huahuahaahuaha!!!!!

[chel.jpg]por Theraphosidae


Aranha vegetariana.



Pois é! Parece que dentre as mais de 40 mil espécies descritas encontraram uma que não é obrigatoriamente predadora, trata-se de uma aranha quase que vegetariana! Quase por que o bichinho eventualmente pode alimentar-se de larvas de uma formiga do gênero Pseudomyrmex ou praticar canibalismo, mas em regra geral a danadinha se alimenta de néctar e pedacinhos de folha de acácia.

Para ficar mais estranho, essa aranha rouba os pedacinhos da planta que as formigas carregam, aproveitando-se da relação de mutualismo entre a formiga e a planta. Trata-se de uma aranha da familia Salticidae chamada de Bagheera kiplingi, originária do México.

A descoberta é meio recente e os artigos ainda não estão disponiveis na bases de dados gratuitas, mas os resumos pelo menos podem ser lidos...
aqui o nome dos artigos que falam sobre a dieta e comportamento da aranha!

Exploitation of the Pseudomyrmex-Acacia mutualism by a predominantly vegetarian jumping spider (Bagheera kiplingi).

Herbivory in a spider through exploitation of an ant–plant mutualism.


Abraçosss!!!!!

[chel.jpg]por Theraphosidae



l

Lings de sorocabae!


E aí cambada blz! Ando sumido, mas finalmente, vou poder voltar a bloggar com mais frequência, finalmente entreguei meu TCC, missão cumprida!

Bom, ótima noticia essa semana, nasceram os lings de V. sorocabae.... Graças aos bons deuses a taxa de mortalidade foi baixissima, a grande maioria dos lings estão bem.

Agora haja paciência para esperar essas danadinhas crescerem!

Abraços!!!!!!!


[chel.jpg]por Theraphosidae